Overblog Suivre ce blog
Editer l'article Administration Créer mon blog
12 mars 2011 6 12 /03 /mars /2011 14:17

source : http://www.jornaldesabado.com.br

 

Amor ou delírio?

Kaynã Arruda

A Região dos Lagos, como toda região turística, se caracteriza pelo grande número de estrangeiros que vêm visitar a localidade com o intuito de conhecer suas inúmeras belezas naturais. Todas as cidades da região apresentam atrações turísticas e paisagens deslumbrantes que impressionam quem vem de terras distantes. Devido a esses fatores, não chega a ser surpreendente o grande número de estrangeiros que para cá vieram a passeio e que decidiram nunca mais voltar para suas terras.

Quando se pensa em estrangeiros que vieram morar aqui, a primeira cidade que provavelmente virá à cabeça da maioria das pessoas é Búzios. Antigo balneário de pescadores, o município (emancipado de Cabo Frio desde 1995) virou rota turística obrigatória para qualquer estrangeiro que venha aportar no estado do Rio de Janeiro. Desde que a estrela francesa de cinema, Brigitte Bardot, decidiu passar suas férias na cidade, em 1964. Amou tanto o lugar que decidiu voltar no verão seguinte, e se hospedou na casa do cônsul argentino, Ramón Avellaneda.

 

 

Estátua de Brigitte Bardot, na orla homônima

 

 

Eles, aliás, são os mais apaixonados pela cidade, que contém o maior número de argentinos  em terras brasileiras. Talvez seja mais fácil um argentino do interior já ter ouvido falar da cidade do que um brasileiro também interiorano.
Argentinos como Alexia Fezza, estudante. Ela mora no bairro do Peró em Cabo Frio, mas se perguntada sobre o lugar que ela mais gosta de visitar no seu tempo livre, a resposta dada já vem com um ar de obviedade: “Búzios, lógico. Até porque lá posso encontrar muitos conterrâneos meus, na noite”. Alexia veio morar aqui há um ano e diz que se calhar de voltar pro seu país, será só pra matar as saudades por um tempo. “Eu já entrei em depressão desde que vim morar aqui, por saudades da minha terra. Mas quando voltei pra lá, no começo do ano, só pensava em voltar pra cá”. Porém, quando perguntada sobre os principais problemas que ela encontra, não só na cidade, como em toda a região, Alexia nem precisa de muito tempo para nos dar a resposta: “Emprego. É muito difícil arrumar emprego por aqui. Se você não pretende trabalhar no comércio, as oportunidades de arrumar trabalho são muito reduzidas”.

Porém não são todos os estrangeiros que vêm pra cá e ficam satisfeitos. O grego Konstantinos Demetre, dono de uma loja de roupas no Centro de Cabo Frio, veio pro Brasil há quarenta anos, tentar uma vida mais tranquila do que tinha na conturbada Grécia de meados da década de 60. “Primeiro fui pra Petrópolis, lá eu era feliz e conseguia tirar um bom sustento”. Então seu Kosta, como é conhecido, veio tirar férias em Cabo Frio. Se apaixonou pela cidade e resolveu se mudar pra  cá e abrir aqui um comércio. “Eu vim pra cá com uma ilusão de que as coisas aqui seriam mais fáceis, mas acabei tomando prejuízo. É muito difícil ter um comércio lucrativo em Cabo Frio. O aluguel das lojas é caro e as vendas são baixas praticamente todo o ano, me arrependi muito de ter feito essa escolha, mas agora já estou velho demais pra me mudar novamente.” Quando perguntado sobre as melhoras que teriam de ser feitas na cidade, seu Kosta é taxativo: “Tudo tinha que melhorar. Cabo Frio é uma cidade muito bonita, mas nunca foi bem administrada. Não existe planejamento pra nada aqui. A cidade dá lucro por dois meses no ano e depois pára. Mas eu não tenho mais esperanças de que algo mude, nunca mudou e não vejo ninguém com real intenção de mudar algo.”

Ao que parece, muitos estrangeiros decidem se mudar para a região, iludidos com a movimentação da alta temporada, e depois se arrependem. Motivo pelo qual quase todos os procurados para nos conceder entrevista para essa matéria recusaram falar à respeito de suas vidas atuais. Uma das possíveis entrevistadas, argentina residente em Búzios, nos indicou sua insatisfação ao se recusar a nos conceder entrevista. Sua única justificativa foi: ” Não tenho interesse em falar sobre a região, estou muito ocupada tentando ganhar dinheiro por aqui”. Ao que tudo indica, a nossa amada Costa do Sol, precisa de algo mais, além do astro-rei, para que as pessoas finquem suas raízes por aqui e se sintam realizadas.

> Lire l'article dans son environnement original

 


 

Buzios, Brazil - Statue of Brigitte Bardot in Buzios, Brazil

Brigitte Bardot "Discovered" Buzios in the 1960s

Buzios is a picturesque beach town that was changed when French film star and sexpot Brigitte Bardot "discovered" the area with her Brazilian boyfriend.
Buzios, Brazil - Statue of Brigitte Bardot in Buzios, Brazil

Buzios, Brazil - Statue of Brigitte Bardot in Buzios, Brazil

Buzios Picture (c) Linda Garrison
Buzios is often called the St. Tropez of Brazil since it has many trendy boutiques, fine restaurants, and expensive villas. Most of the Buzios residents love what Brigitte Bardot did for their village, and they built this statue in her honor. Every male tourist who walks by has to stop and have his picture made sitting in Brigitte's lap, and we even saw many of the old men kissing her on the cheek!
 

Partager cet article

Repost 0
Published by LePontissalien - dans REGARDS - HOMMAGES
commenter cet article

commentaires

Présentation

  • : French Influence
  • : Cher visiteur (é)perdu, bienvenue sur le blog de French Influence. Il est question ici de la France et de son rapport au monde. Il est question de la France, pour l'amour du pays, par les yeux du monde
  • Contact